Em São Nicolau, as festividades de Sanjon concentram-se naa Praia Branca (concelho do Tarrafal). No dia 23, acontece o Desfile de Macela  em que tradicionalmente, as pessoas levam molhos dessa planta endémica à cabeça para fazer a luminária. Mas, hoje é proibida a sua apanha, daí a fogueira ser feita com outros materiais. O dia termina com um baile popular.

Uma referência importante nas festividades é a luminária ou fogueira de S. João que acontece na noite de 23 para 24 de Junho. A lenha para a luminária é preparada e empilhada de cedo e assim que começa a escurecer começa-se a notar clarões em varias parte das localidades aonde se cultiva ainda esta pratica. Quanto mais alta, maior é o prestígio de quem a armou.

Como manda a tradição a pessoa deve saltar a luminária três vezes e no fim fazer um desejo. Geralmente pedem bom ano de chuva, casamento, dinheiro, e muita saúde.

Com a aproximação do dia do santo, um grupo de pessoas devidamente indicado e orientado pelo pároco organiza a cerimónia religiosa, pensando nos mínimos detalhes, desde a decoração da igreja à preparação do santo.

No dia 24, cumpridas as cerimónias religiosas, o povo assiste ao sarau cultural na localidade de Laja, com grupos locais. No dia 25, milhares de pessoas participam no tradicional desfile para Boca da Ribeira, com tamboreiros e coladeiras, culminando com a visita à morada do santo.